A pêia da Ayahuasca: o verdadeiro processo de tortura

Peia Ayahuasca

Este é um relato pessoal sobre a peia da minha primeira vez consagrando a Ayahuasca.

Eu sempre tive curiosidade em saber se a “Ayahuasca” era a salvação, mas nunca imaginei que a primeira vez seria a minha pior tortura. Para quem não sabe, esse chá é um enteógeno que inclui ingredientes como o mariri e a chacrona, extraídos exclusivamente da natureza.

A curiosidade despertou dentro de mim, após conhecer uma grande amiga que tomava praticamente todo mês e me falou que havia se tornado uma nova pessoa. Eu fiquei muito empolgada com aquilo, pois o processo de autoconhecimento sempre me interessou. Já havia pesquisado a respeito então me senti confiante para participar.

Eu recebi todas as orientações, uma delas dizia que não podia comer carne no dia e não sei se isso influenciou diretamente no trabalho, pois eu havia comido. A palavra “trabalho” é um termo utilizado na consagração da Ayahyasca, pois você está trabalhando em prol do metafisico. Realmente, eu senti que realizei uma grande tarefa.

Inicio do ritual

Eu cheguei no local e coloquei uma roupa mais adequada, pois só uso preto. Nesse dia, eu me vesti de forma mais confortável. As pessoas estavam todas de branco, uma coisa magnífica e as minhas expectativas estavam lá nas alturas. Jamais imaginaria que o pesadelo estaria por vir.

Sentei em uma cadeira bastante confortável e me deram um saquinho caso eu fosse vomitar. Só de imaginar que eu poderia passar mal já fiquei preocupada, pois não queria incomodar ninguém. Era um momento muito especial para todos.

Finalmente começamos os trabalhos, recebi o primeiro cálice que foi um copinho daqueles de café e a cor era um pouco marrom, era bem encorpado o que piorava o gosto, mas nada insuportável. Tomei, achei forte e fiquei esperando o efeito. Confesso que estava meio descrente e pensei comigo mesma (deve ser igual a eucaristia na católica, uma pegada mais simbólica). Mas, eu estava totalmente enganada, apenas não tinha batido.

A peia começou

Chegou a vez de tomar o segundo cálice, fiquei bem confiante e virei com tudo. Após dez minutos meu corpo começou a entrar na famosa “força” que é o termo utilizado quando começa a bater. Veio uma vibração intensa e logo depois eu já não sentia mais as minhas pernas.

Chamei os guardiões (pessoas encarregadas de olhar os outros) para me ajudar. Eu consegui levantar com meu corpo todo dormente e me dirigi até o banheiro, chegando lá comecei a vomitar e evacuar ao mesmo tempo. Fiquei pensando como aquilo era intenso, tanto que até a minha visão estava alterada, nunca usei nada parecido, pois já tinha tido experiências com alguns narcóticos, mas nada chegou perto de como bateu a brisa.

Eu estava completamente apavorada, passou alguns minutos a pêia bateu e mostrou para o que veio. Peia é o termo utilizado quando se entra em um estado de sofrimento, como se fosse a “bad trip” da Ayahuasca. Eu realmente senti e o que significava uma pêia, ô se senti, eu comecei a ter alucinações sobre tudo de ruim que havia acontecido comigo, tudo passava na minha frente igual um filme. Fiquei me questionando, se realmente era necessário eu ver tudo aquilo.

Depois, comecei a ter visões das coisas que eu causei na vida das pessoas que me amavam, parecia um pesadelo (a peia não brinca em serviço). Realmente, eu senti todo o meu ego diluindo de forma muito dolorosa e lenta; eu via tudo de forma real, parecia que a situação estava literalmente na minha frente e não no pensamento. Fiquei presa, conformada e imersa, já sabia que não dava para sair desse estado de dor e peia enquanto eu não resolvesse essa questão dentro de mim e me perdoasse.

A cura

Me curar de mim foi a coisa mais difícil que já fiz na vida. Não existia passado e nem futuro, não existia pai e nem irmão, era só eu mesma me concentrando na dor da morte. A dor era uma ferida na alma tão grande que eu não desejo nem para o meu pior inimigo. Meu corpo todo estava totalmente entregue a sensações na qual eu não tinha mais controle.

Logo depois, começaram as piores visões. Eu vi sangue, saindo pelo meu suor e escorrendo pelo chão e formando um círculo em volta de mim. Logo mais, uma sensação de alívio, o momento de dor tinha ido embora e a peia foi se desfazendo aos pouquinhos e finalmente consegui deitar sobre um colchonete que estava ali fora. Deitei e percebi que o meu corpo estava entrando em uma energia muito forte e positiva e por incrível que pareça o sofrimento desapareceu igual um parto. Comecei a ser exaltada pela força e ali eu realmente entendi o que eu realmente precisava.

Durante a força, vi cristais dourados próximos a mim, trazendo a sensação de paz. O trabalho e o efeito acabaram, senti uma felicidade sem explicação. Fiquei com vontade abraçar todo mundo.

Hoje, após 9 meses, sinceramente não sei se repetiria esse ritual, pela forma que o sofrimento bateu, mas reconheço e respeito o grande poder de cura e transformação.
Nós, seres humanos temos a visão muito limitada e pequena do próprio espirito, transmutar as energias e ficar vulnerável dessa forma é algo que vai muito além da coragem. Apesar de todos os ocorridos, sempre levarei a minha pêia como parte de algo que contribuiu para a pessoa que me tornei hoje. Sou grata e resiliente.

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

19 respostas

  1. Oi tudo bem?
    Tive uma experiência bem parecida com a sua, não tem como explicar. Mas as pernas dormentes, fiz uma cirurgia abdominal em mim, encorporei um índio e depois um baiano, senti muito enjoo, vomitei muito (pareciam bichos), tive que conversar com a fogueira e queimei muitas energias para serem transmutadas, via tudo como caleidoscópio em formas geométricas. Passada a peia eu consegui ver coisas muito belas, como a luz de Oxalá, a beleza do universo com a sua abundância, e quase entrei em contato com a consciência maior de Deus, mas é uma energia tão grandiosa que meu ego teve medo, e não consegui me entregar. Ví a vida toda pela frente, e foi um divisor de águas na minha vida. Não sei se tomarei de novo, faz 1 mês que tomei, mas hoje utilizo o floral de Ayauaska e tem sido muito bom, é algo mais leve e que vai expandindo de forma mais leve do que a peia rssss.

    1. Oi Renata, que experiência mais linda, intensa e desafiadora.
      Eu também já tive algumas peias, mas nenhuma como a Flavia relatou. Recomendo que você veja meu relato da minha primeira vez https://energiatemperada.com/o-dia-que-eu-tomei-ayahuasca/
      Realmente a Ayahuasca é um processo muito intenso que muitas pessoas não estão preparadas, então realmente é muito importante verificar bem, e se decidir tomar, ir entregue de alma e coração com intenção de se desenvolver.
      Obrigado pelo seu relato querida!

  2. Olá.
    Tive duas experiências até este momento com Ayahuasca. A primeira foi um mergulho muito imersivo e posso dizer que foi a melhor experiência que tive até meus 40 anos. Fui acolhido com muito amor pela sensação de morte e por todos os meus medos, enquanto enxergava dentro de mim ou em algum outro lugar, formas geométricas, cores tão lindas, texturas que podia sentir em todo meu corpo e uma sensação de alegria que me dava vontade de abraçar todo mundo.
    Já a segunda, foi como ser jogado em um buraco cheio de carrascos e sofrer todo tipo de tortura. Senti vários solavancos que puxavam com força para dentro de um portal onde visões me deixavam muito desconfortável e antigas lembranças retornavam a luz enquanto um voz dentro da minha cabeça dizia para eu confiar e soltar, deixar ir embora, não guardar, enquanto mostrava sentimentos ruins, rancor, mágoas e até livros, roupas, CDs e os objetos que tenho acumulados dentro das gavetas em casa e no escritório. Tudo isso acompanhado de muito enjoo, colíca e uma respiração profunda rapida e ofegante que eu não conseguia controlar por mais que tentasse. Não foi agradável, mas muita coisa foi revelada e consegui encontrar soluções e respostas que procurava.

  3. Tomei.uma vez e eu n tinha ego.amava a todos e emanava luz a ponto de sóbrios notarem e nem saberem do uso,
    Tomei uma segunda vez vi demônios de olho aberto coisas se se.mexerem vi uma porta negra em que me mandava entrar eu n entrei pq senti.q não.sairia.se.fosse.algo.tbm.me puxava vi coisas que fiz de mal e que a mim me fizeram tbm,até que comecei a ver cenas de assassinato em minha mente,eu estava matando a todos inclusive quem eu amo de forma cruel e mecanizada era todos mesmo eu ouvia vozes dizendo que n tinha coragem de fazer ou que não adiantava eu lutar eu iria fazer vi.os.vizimhos comentando que eu era bom que eu nuca iria fazer aquilo e a voz dizia e sempre assim,comecei a mexer os dedos involuntáriamemte.dizendo 1 hora um 1 hora outro,minhas perna.mexiam.sem.eu querer,depois olhei para que eu amava com raiva na face e dentro de mim eu gritava para ela correr e essa pessoa se assustou com me olhar, enquanto.me.chamavam vi os rostos se desfigurar tentei vomitar n saia pensei em me matar ante de ferir alguém ouvi vozes me insultarem de tudo de.ruim tive medo de fazer aquelas coisas mais eu resisti até hoje sinto algumas coisa tenho ansiedade e pesadelos algo foi despertado algo muito mal nunca fui violento sempre tive muita impatia.mais.aquilo não era eu n sentia nada,minhas pupilas até hoje dilatam e agora queria saber a opinião de vcs e saber se devo tomar novamente ! Tem mais coisas mais n da para falar quem sabe n continuamos gostaria da.opniao.de.vcs obs sempre fui do bem

    1. Oi Zion, eu tomei já três vezes e na segunda vez também passei pela chamada ‘peia’ que nem sabia o que era. As sombras me puxaram e não consegui sair. Tinha vozes me dizendo coisas muito ruins e ta,mém trabalhei a morte da minha vó, que faleceu em 2016 e eu ainda não aceitava bem a forma que ela morreu…Daí nessa cerimônia me ‘disseram’ que minha vó tinha morrido sozinha eu também queria vomitar e não conseguia, queria tomar água e não consegui, comecei a sentir que estava morrendo seca, senti morrer e ser enterrada viva com minha vó….Essa experiência me chocou e fiquei com medo de retornar pra uma outra cerimônia. No entanto, nessa mesma cerimônia antes da parte ‘ruim’ também senti um barulho de furadeira muito forte e algo mexendo dentro da minha cabeça. Me ‘disseram’ que iam fazer uma cirurgia algo assim, depois começaram abrir meu peito e me disseram que iam me dar um coração novo…Enfim… depois falei com o ‘mestre’ da casa na semana seguinte e falei pra ele sobre isso e também do meu contexto de estar passando por limpeza de dependência química. Ele me deu uns conselhos e me acalmou um pouco e que nenhuma cerimônia é igual a outra. Também não senti bem por algum tempo após a cerimônia. Pensei que eu precisava retornar pois acabei recaindo e foi a melhor decisão que tomei. O processo de cura pode ser extremamente doloroso mesmo. Nessa terceira vez vi alguns demônios meus, minhas sombras mesmo, projetadas e clamei por ajuda a espiritualidade superior, pedi ajuda e ao mesmo tempo que via coisas ‘ruins’ também vi coisas lindas. Vi uma porta se abrir a minha direita e entrar muita luz…Ayahuasca mostra nosso interior, e pra mim no mento creio que sou tanto luz quanto sombra e seja necessário também trabalhar esse lado obscuro.

  4. Minha peia foi na segunda toma, só vi a morte perto de mim,eu morri literalmente,foi forte a sensação me deu suor,visão turva,mal estar generalizado, ânsia de vômito,eu me perguntava o que estou fazendo aqui nesse ritual?achava tudo muito louco,tanto que não tomei a 3 e 4 toma,pois ia vomitar com certeza,mas sei que a morte que eu senti foi um renascimento e vou de novo me curar, é participar de outros rituais,foi mágico e dolorido mas valeu a pena,recomendo🙏

    1. A minha primeira experiência, nesse sábado, foi exatamente igual a sua. Fiz uma regressão de tudo que me fez mal, fora os vômitos que foram mais de 7x, suava frio, tinha cólicas horríveis, sem contar as visões, traumas do passado, mas que depois foram simplesmente deletados da minha mente, a peia, o sofrimento acabou quando começaram os louvores a Deus, comecei a me concentrar na letra, a peia foi passando e vejo o arcanjo Gabriel com suas asas e sua espada alinhando os meus chakras.

  5. Minha primeira consagração foi mês passado, e senti tudo isso porém não vi a Luz e nem a sensação de Paz.
    Na primeira dose, não senti nada e pensei que comigo não iria funcionar. Vi pessoas já na tão falada força e eu nada. Fui ao segundo chamado em média eu acho que 10 minutos depois comecei a me sentir estranha e com a respiração muito ofegante, levantei e fui ate a área externa onde vomitei MUITO mesmo, e ali sim senti a FORÇA eu olhava tudo ao redor e pensava: ninguém vai me ajudar? eu estou morrendo, será que ninguém esta vendo que estou morrendo? e a única sensação que tive foi essa de MORTE. chovia muito nessa noite porém na hora que eu estava fazendo a limpeza (vomito) vi um céu totalmente estrelado e um portal no qual tive a certeza que não estamos sozinhos e que a Vida não é só isso que estamos passando. Quando voltei pra dentro do espaço onde estava sendo executado os hinários, sentei e chorei incondicionalmente, sem parar e sentia vultos de ervas me benzendo e gotas de água respingando em mim porém não chovia dentro do espaço, abria o olho e não via nada. Ouvia uma voz dentro da minha consciência dizendo: se entrega, deixa acontecer, mas me senti presa aquela sensação de morte e o pensamento de quando viria a parte boa da força, se era só aquilo mesmo que eu iria sentir (uma agonia e morte) comecei a entender que realmente tinha morrido de uma maneira que nunca nenhum tipo de “bad” tinha me dado. Quando a força foi diminuindo fui entendendo que ali tinha renascido uma nova pessoa porém ainda sem encontrar oque tinha ido buscar, senti que não me entreguei por inteiro que precisava entender tudo que tinha vivido naquelas 5 horas, minha cabeça não assimilava nada direito e meus sentidos ficaram muito aguçados, escutava pessoas conversando do outro lado da sala e ficava procurando de onde estava vindo aquelas vozes. Quando me perguntam oque foi a Ayahuasca pra mim eu digo FOI A MORTE. Ainda sinto o chamado e com certeza vou consagrar novamente, pois entendo que a força continua depois da consagração e tenho certeza que tenho muita coisa ainda pra entender de mim mesma. Ayahuasca é a Morte para a VIDA.

  6. Tomei hoje o sagrado daime, tenho minha experiência em áudio, se alguém quiser ter uma noção, só chamar 17992429596, luz e aprendizados a todos

  7. Obrigada por compartilhar querido. Indico não tomar se te desperta algo ruim ou coisas ruins aproveitaram a situação para se manifestar por vc, na força não temos muito controle então Será que realmente vale a pena experimentar de novo para ver oq acontece? Em troca de que?
    Opinião pessoal, beijos!

  8. A minha primeira experiência, nesse sábado, foi exatamente igual a sua. Fiz uma regressão de tudo que me fez mal, fora os vômitos que foram mais de 7x, suava frio, tinha cólicas horríveis, sem contar as visões, traumas do passado, mas que depois foram simplesmente deletados da minha mente, a peia, o sofrimento acabou quando começaram os louvores a Deus, comecei a me concentrar na letra, a peia foi passando e vejo o arcanjo Gabriel com suas asas e sua espada alinhando os meus chakras.

  9. Gente eu não senti nada na primeira toma daí pedi a segunda toma, nessa segunda eu senti como se tivesse tido uma queda de pressão. Sensação de desmaio, náusea, me amoleci toda e deitei no chão (antes eu tava sentada), daí passou a náusea e me deu um calorão insuportável e sudorese intensa depois desse mal estar (que pra mim foi uma queda de pressão) acho q apaguei por uns minutinhos, tipo desmaio, isso tudo deve ter durado no máximo uns 10 minutos. Depois continuei deitada olhando pro teto, cansada, meio tonta e as vezes parecia q via umas fagulhinhas coloridas no ar, mas bem pouco, logo sumia. E foi só. Não tive insigth nem visão nenhuma. Fiquei decepcionada. Alguém saberia me dizer porque aconteceu isso?

    1. Oi, eu tive a minha primeira experiência nesse sábado, não tive visões, nem boas ou ruins, vomitei pouco, mas passei pela peia também e foi intenso. O meu “sofrimento” parecia uma crise de ansiedade onde eu perdia o controle e só pedia pra eu aguentar até o fim, em muitos momentos achei que realmente ia surtar, queria sair correndo e fugir, mas sempre me vinha na mente o que disseram antes de bebernos a primeira “dose”: Estamos todos embarcando em uma canoa e até o desatino, ninguém vai voltar pra te levar e ninguém vai se jogar na água. Ainda não sei expressar ao certo como me senti, mas acredito que tenha sido algo como punição além da limpeza. Mas pretendo ir em uma nova cerimônia em breve.

  10. Oi, eu tive a minha primeira experiência nesse sábado, não tive visões, nem boas ou ruins, vomitei pouco, mas passei pela peia também e foi intenso. O meu “sofrimento” parecia uma crise de ansiedade onde eu perdia o controle e só pedia pra eu aguentar até o fim, em muitos momentos achei que realmente ia surtar, queria sair correndo e fugir, mas sempre me vinha na mente o que disseram antes de bebernos a primeira “dose”: Estamos todos embarcando em uma canoa e até o desatino, ninguém vai voltar pra te levar e ninguém vai se jogar na água. Ainda não sei expressar ao certo como me senti, mas acredito que tenha sido algo como punição além da limpeza. Mas pretendo ir em uma nova cerimônia em breve.

  11. Ola pessoal, fui em 4 concagrações de ayuhauasca , a minha segunda foi a pesada , foi em uma casa sagrada um lugar que parece que não é desse mundo. Tomei a primeira dose e começamos a bailar , a primeira não fez efeito , então tomamos a segundo e bailamos denovo . Tínhamos que ficar ema linha, no qual não conseguia me manter nela com muitos cantos sagrados cristãos entre outros . Então chegou a hora que bateu , bateu aquela brisa , vi formas geométricas de todo tipo e cores . Neste momento comecei a passar mal e chamei por ajuda , via formas em 3D , barulhos estranhos e imagens desvastadoras , neste mesmo momento me levaram para um quarto com cristais, maçãs e Santos , me deixaram no chão por segurança . Ali tudo começou , eu me torturava ou outra coisa me punia , mas tudo era interno da mente , no mesmo dia minha avó falecia , em que também passou no meu processo , vomitei muito , espíritos me perturbavam , minha mente me perturbava , e vomitei fumaça preta , bichos , estrelas , tudo acontecia ali , como uma fantasia, ia no banheiro evacuar , passei muito mal . Um mulher que se dizia Iemanjá , senti uma forte atração e pedi um beijo ela lógico que recusou , estava no trabalho também . Via várias lembranças passadas e presentes , tinha os cuidadores que nós ajudavam para não nos machucar , éramos umas 80 pessoas eu acho que fui o que passou mais mal , tinha muita coisa ruim dentro de mim .Mas acredito que me ajudou em muitos problemas internos , depois dessa fui mais duas vezes em tempos diferentes e são outras experiências que não dá para falar tudo aqui . Nesta segunda experiência foi muito grande contei somente 10 por cento do que aconteceu aqui . Se alguém interessar em trocar experiências me add no Whats 34 998397515. Um abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça nossas tiragens prontas

Veja mais postagens que você pode gostar

Como abrir os meus caminhos no amor?

Como abrir os meus caminhos no amor? É de fato 9 das 10 perguntas feitas ao baralho cigano que é certeiro em assuntos amorosos! Abrir os caminhos no amor quando tudo parece sem saída é um desafio. Mas o baralho cigano vai te ajudar com isso! Basta apenas ouvir a

Leia o texto completo »
pensamentos

O que aflige meus pensamentos essa semana?

Primeiramente, na rotina do dia a dia as coisas sempre mudam e com elas os problemas e situações que nos deixam muito preocupados, inclusive é tanta preocupação que acaba ficando bem difícil de identificar o que realmente está afligindo os nossos pensamentos. É complicado manter os pensamentos no presente, estar

Leia o texto completo »
reconquistar

Como reconquistar o ex: 5 passos infalíveis

O término de relacionamento é um momento muito assustador na vida de qualquer pessoa. Reconquistar o ex é uma decisão que precisa ser pensada de forma racional, pois nessa hora não adianta agir de forma desesperada. Isso afasta ainda mais a pessoa amada e reforça a ideia de que te

Leia o texto completo »

Como transformar a sua vida financeira

Pensar na situação financeira não é fácil, principalmente quando ela não está de acordo com os seus sonhos. Transformar essa realidade significa atrair a abundância para que você aprenda a viver ao máximo as oportunidades que o universo quer proporcionar para você. Temos mania de enxergar só a escassez. A

Leia o texto completo »
É amor ou tesão

É amor ou tesão?

É muito fácil confundir amor e tesão, principalmente quando estamos em um estado de carência. Por isso é importante ter uma consciência dos próprios sentimentos para não prejudicar ninguém ou pior: sair ferido (a). Ouça essa tiragem de baralho cigano coletiva. Basta apenas escolher uma carta e boa sorte! Dica

Leia o texto completo »
Quem sou eu

Quem sou eu?

Essa pergunta não faz muito significado se você está contente com sua situação atual e portanto se você chegou ao ponto de se perguntar: Quem sou eu, é porque sabe que pode ser e alcançar muito mais. O resultado dessa tiragem coletiva você acessa ouvindo o áudio abaixo após escolher

Leia o texto completo »
Nosso relacionamento é de vidas passadas

Nosso relacionamento é de vidas passadas?

Você já teve uma relação tão intensa com alguém que se perguntou: Nosso relacionamento é de vidas passadas? Se você sente no fundo do coração que essa ligação é forte ou seja, que vocês cruzaram o caminho um do outro não por coincidência mas porque tinha que acontecer por fim

Leia o texto completo »
Minha vida depois da Ayahuasca

Minha vida depois da Ayahuasca

Este depoimento conta a minha visão da Ayahuasca depois de participar de 5 sessões de consagração num período de 3 anos. Você pode ler o relato da minha primeira vez clicando aqui. Hoje, depois de já conhecer o potencial dessa poderosa medicina, eu vejo o quanto realmente é essencial você

Leia o texto completo »

Nós dois juntos: amor ou só prazer?

Primeiramente, vocês estão juntos? Pois oferecer amor para quem só deseja prazer não é uma troca justa. Muitas muitas pessoas confundem sexo com sentimento por causa da química entre quatro paredes. Por isso, o baralho cigano vai te ajudar, basta apenas escolher uma das cartas e ouvir o áudio a

Leia o texto completo »
No que investir agora

No que investir agora?

Certos do momento desafiador que estamos vivendo atualmente primeiramente precisamos analisar no que investir agora. Uma coisa de cada vez, certo? Agora quando digo no que investir agora estou me referindo também ás questões pessoais, muitas vezes não é sobre o dinheiro mas sim no que melhorar para atingir esse

Leia o texto completo »
Onde está a felicidade

Onde está a felicidade?

Viver nos proporciona muitos sentimentos, e dentre eles temos a alegria, entusiamo, ânimo, a saudade, tristeza, gratidão, esperança e da combinação de vários deles se cria a FELICIDADE. Mas qual o caminho para encontrar a felicidade? Desde criança nos foi ensinado que a felicidade deve ser alcançada para que nossa

Leia o texto completo »

A gratidão como lei do Universo

Um dos sentimentos mais fortes que podemos ter e emanar ao Universo é a Gratidão. A gratidão simboliza todo amor e felicidade por ter aquilo que o universo nos proporciona. Primeiramente, creio que mundo sabe o que este sentimento quer dizer, mas é muito mais difícil praticar do que se

Leia o texto completo »
ritual ayahuasca

Como se preparar para um ritual de Ayahuasca

Para quem deseja viver essa experiência é importante saber como se preparar para um ritual de Ayahuasca, pois é um momento de transição muito especial. Para quem ainda não conhece, trata-se de uma planta de poder, cultivada diretamente na Amazônia. Ela é tomada como chá em rituais religiosos, era explorado

Leia o texto completo »
o dia que eu tomei Ayahuasca

O dia que eu tomei Ayahuasca

De uns tempos para cá a Ayahuasca está cada vez mais popularizada como uma importante ferramenta de cura física, mental e espiritual. Hoje eu vou contar para vocês a minha experiência da primeira vez que eu tomei a Ayahuasca e como isso me afetou de lá pra cá. Eu conheci

Leia o texto completo »
5 passos para superar o fim de um relacionamento

5 passos para superar o fim de um relacionamento

Não existe fórmula mágica para superar o fim de um relacionamento. De acordo com pesquisas científicas, sentir saudades da pessoa amada provoca a mesma abstinência de uma pessoa viciada em drogas. Nos primeiros meses é normal se render a recaídas e atitudes precipitadas por amor, colocando em risco até mesmo

Leia o texto completo »
Como está minha espiritualidade neste momento?

Como está minha espiritualidade neste momento?

A espiritualidade está tão presente e constante em nossas vidas como o batimento dos nossos corações. E desta vez teremos as respostas através de um dos oráculos mais famoso do mundo, o Tarô. Assim como o ser humano precisa de alimento para sobreviver, de entreterimento para não adoecer a mente,

Leia o texto completo »
O que você precisa aprender antes de ter um amor

O que você precisa aprender antes de ter um amor

Algumas pessoas no início de um relacionamento, esquecem de todo o aprendizado que a vida de solteiro proporcionou. O que você precisa aprender antes de ter um amor é algo muito valioso que te trará grandes aprendizados. Enfim, deixo uma reflexão a respeito desse assunto. Ser feliz somente após encontrar

Leia o texto completo »
Ele lembra de tudo que nós vivemos

Ele lembra de tudo que nós vivemos?

Essa tiragem tem como objetivo esclarecer se a pessoa lembra o que vocês viveram. Dessa forma, evita possíveis ilusões e expectativas. Nosso coração é cheio de armadilha quando gostamos de alguém. Por isso, o baralho cigano vai te ajudar imediatamente, basta apenas escolher uma das cartas e ouvir o áudio

Leia o texto completo »
Magia do Caos

7 Passos para começar a praticar Magia do Caos

Na Inglaterra do séc  XX surge o conceito de Magia do Caos, quando o Artista plástico surrealista Austin O. Spare resolve criar seu próprio sistema mágico abolindo toda a parafernália da magia cerimonial. Seguindo o conceito do Caoísmo, onde tudo estaria contido em sua forma perfeita, uma espécie de matriz

Leia o texto completo »
amar por dois

O perigo de amar por dois

Quando o coração se apaixona sentimos no fundo da nossa alma todos os nossos desejos atendidos. Essa é uma sensação muito boa e que pode nos viciar, e ao fim, nos fazer esquecer de nós mesmos. Esse é um dos perigos de amar por dois. No começo da relação tudo

Leia o texto completo »

Técnica da vaporização do útero

Chega de tabus quando o tema é menstruação! Antes de mais nada, a técnica da vaporização do útero vai te ajudar a entrar em contato consigo mesma e dissipar possíveis traumas que estão guardados. A vaporização do útero é uma técnica milenar que nossas ancestrais utilizavam para fazer a limpeza

Leia o texto completo »

3 Perguntas resolveria o seu problema?

Nesse sentido seja específico nas perguntas lembrando-se de descrever bem a sua situação atual, ou seja pelo o que você esta passando atualmente.

Logo estamos á disposição para responder todas as suas perguntas.

POR FIM PERGUNTAS NÃO PERMITIDAS.

  • Morte.
  • Roubos ou traições.
  • Vida alheia.
  • Amarrações feitas.

Ler mais »